Terça, Nov 24th

Last update12:11:26 PM

Profile

Layout

Menu Style

Cpanel
NOTÍCIAS GERAL Nota de repúdio ao Ministro Paulo Guedes

Nota de repúdio ao Ministro Paulo Guedes

O SISPUMI – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais e Autárquicos de Itanhaém e Mongaguá vem a público manifestar o seu mais veemente repúdio às declarações do Ministro da Economia, Paulo Guedes, que comparou os servidores públicos a parasitas. A declaração ocorreu durante evento na Fundação Getúlio Vagas, na última sexta-feira, 7.

A afirmação do Ministro Paulo Guedes generalizou toda classe de trabalhadores que compõe o funcionalismo público do país e atribuiu responsabilidade de “90% dos gastos do governo” aos servidores públicos.

É vergonhoso, irresponsável e preocupante tais declarações advindas de uma pessoa que ocupa o cargo de um dos mais importantes ministério do Estado brasileiro, pois os trabalhadores atuantes no serviço público, sejam eles da esfera federal, estadual ou municipal, são investimentos para suprir as demandas da sociedade. Não são estes profissionais que ostentam gratificações das mais variadas espécies, tais como auxílio moradia, vestuário, saúde, transporte oficial exclusivo e demais benefícios custeados pelo suor dos demais trabalhadores.

 Ao contrário, a esmagadora maioria dos servidores públicos no máximo conta com reajuste da inflação; não tem direito a negociação realizada por acordos coletivos, somente por pauta de reivindicação; não tem direito a receber piso nacional da categoria profissional especifica, assim como enfrenta várias adversidades em seu ambiente de trabalho para atender a população. Não são os servidores públicos os responsáveis pela quebra do regime previdenciário, aos nossos olhos isto é fruto da inabilidade e incompetência dos governantes, mas a conta será paga com o suor e lágrimas desta categoria, que já sente em sua cidade a obrigação de elevar o percentual de contribuição do regime previdenciário. 

Um governo sério cumpre sua responsabilidade de atendimento a população, através de servidores públicos equipados, preparados e motivados. Na contramão o atual governo promove o desaparelhamento do Estado ao suspender concurso público, fazendo cortes obscuros em diversas áreas de conhecimento e caminha desastrosamente com reformas injustificadas no sistema previdenciário decretando a morte das aposentadorias de milhares de brasileiros.

 

NOTÍCIAS

Setting

ACONTECE

Setting

COLUNAS

Setting
O quê lhe subiu a cabeça?

O quê lhe subiu a cabeça?

Na coluna do editor, comportamento mostra o que está na cabeça dos servidores

POLÍTICA

Setting
Com 45,49% dos votos, Marcio Cabeça é eleito prefeito de Mongaguá

Com 45,49% dos votos, Marcio Cabeça é eleito prefeito de Mongaguá

Eleição foi marcada por número recorde de eleitores que não compareceram para votar