Segunda, Dez 06th

Last update10:00:00 AM

Profile

Layout

Menu Style

Cpanel
NOTÍCIAS GERAL Dia dos servidores públicos merece reflexão e reconhecimento profissional para reparar injustiça

Dia dos servidores públicos merece reflexão e reconhecimento profissional para reparar injustiça

Faça uma reflexão. Sabe aquele gari que estava limpando a via pública durante o feriado, mas passou despercebido enquanto você seguia seu rumo; aquele trabalhador que atendeu você em um Posto de Saúde; aquela ‘tia’ que recepcionou seus filhos na porta da escola; aqueles que geraram sua curiosidade ou uma agradável sensação de segurança por estarem com o giroflex da viatura ligado; ou ainda, aqueles que de modo invisível estavam atendendo telefonemas, transmitindo ou emitindo documentos, nas diversas repartições da administração pública... Esses trabalhadores são SERVIDORES PÚBLICOS pertencente a um universo de 11,5 milhões em todo o Brasil, atuando nas esferas federal, estadual e municipal. Curiosamente, esses trabalhadores, ao término de sua jornada de trabalho, assim como você, se utilizam dos mesmos serviços públicos. Pagam através de impostos frações do próprio salário; sentem e ‘sofrem mais’ do que você a angústia de não desempenhar e desenvolver a melhoria da qualidade dos serviços públicos pela precariedade de equipamentos, estruturas e organização da gestão administrativa.

Para piorar são adjetivados de modo pejorativos como marajás, parasitas e outros que não merecem ser citado, a maioria dos servidores públicos há tempos são injustiçados perante significativa parcela da sociedade. O estudo realizado peloInstituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) mostra que, dos 11,5 milhões de servidores em todo o Brasil, 25% recebem como média salarial até R$ 1.500,00. Outro grupo que totaliza 50% de todos os servidores tem média salarial de até R$ 2.500,00. Apenas 0,2% recebem salários acima do teto estipulado em R$ 39 mil Reais.

Esta pequena parcela de servidores custa muito caro. Cerca de R$ 2,6 bilhões anualmente, considerando os dados do ano de 2019, utilizado no estudo do IPEA.  Para se ter ideia, R$ 2,6 bilhões é maior que a verba utilizada pelo Ministério do Meio Ambiente no ano passado inteiro (R$ 2,2 bilhões) e mais que o dobro dos recursos anuais da Controladoria-Geral da União (R$ 1,01 bilhão em 2020), órgão do governo destinado à investigação e combate à corrupção.

 

O fato é que a grande maioria dos servidores não é mais bem remunerada do que os trabalhadores da iniciativa privada. Basta questionar aos médicos, engenheiros, assistentes sociais e demais profissões regulamentadas. Isto porque aos servidores públicos não existe percepção a piso salarial da categoria estabelecido por convenção coletiva.  Como não bastasse, a reforma da previdência elevou a alíquota de contribuição dos servidores, em até 14% e para aniquilar a categoria, continua em tramitação a PEC 32 que, se aprovada com o texto original, vai ter consequências catastrófica aos servidores públicos e ao serviço público em geral.

 

Diante deste cenário, considerando que a maioria destes trabalhadores não são de classe privilegiada, amargam a luta diária da superação laboral para ter para si próprio, seus familiares e para você um serviço público para atender as nossas necessidades, temos a obrigação moral e o senso de justiça de reconhecer o valor dos servidores públicos e enaltecer a sua atuação em toda nossa sociedade.

 

Obrigado Servidor Público!

NOTÍCIAS

Setting

ACONTECE

Setting

COLUNAS

Setting
O quê lhe subiu a cabeça?

O quê lhe subiu a cabeça?

Na coluna do editor, comportamento mostra o que está na cabeça dos servidores

POLÍTICA

Setting
Com 45,49% dos votos, Marcio Cabeça é eleito prefeito de Mongaguá

Com 45,49% dos votos, Marcio Cabeça é eleito prefeito de Mongaguá

Eleição foi marcada por número recorde de eleitores que não compareceram para votar