Sábado, Jan 18th

Last update02:40:41 PM

Profile

Layout

Menu Style

Cpanel
NOTÍCIAS MONGAGUÁ Prefeitura não atende reivindicação dos servidores e recebe multa de 2,7 milhões

Prefeitura não atende reivindicação dos servidores e recebe multa de 2,7 milhões

 Da redação

A Vara do Trabalho de Itanhaém condenou o Municipio de Mongaguá ao pagamento de multa no valor de R$ 2,7 milhões pelo descumprimento do acordo de Ajuste de Conduta (TAC), firmado em 2004, perante o Ministério Público do Trabalho (MPT).

No TAC a prefeitura havia se comprometido a implantar a CIPA no prazo de 90 dias e manter seu funcionamento pleno com a realização de medidas de saúde e segurança, como o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA) - que deveria ter sido implementado de forma imediata, o Programa de Controle Médico e Saúde Ocupacional (PCMSO) e o Serviço Especializado em Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT), ambos a serem implementados no prazo de até 210 dias.

Ao final do ano de 2018 os procuradores de Mongaguá já demonstravam preocupação em relação ao caso e realizaram diversos encontros com os dirigentes do SISPUMI com a intenção de resolver o problema. Em janeiro de 2019 o SISPUMI entregou aos procuradores o roteiro com todos os documentos necessários para implantação da CIPA para ser encaminhado ao diretor municipal responsável, porém a administração municipal mais uma vez faltou com o comprometimento às questões trabalhistas dos servidores públicos ignorando os itens reivindicados frequentemente pelos trabalhadores.

Fonte: Assessoria Imprensa MPT 15º Região

NOTÍCIAS

Setting

ACONTECE

Setting

COLUNAS

Setting

POLÍTICA

Setting
Data Base pode virar lei em Mongaguá

Data Base pode virar lei em Mongaguá

Vereadores acompanham reunião com servidores e pre...